ENCONTROS COM MULHERES NOTÁVEIS

Existe um lugar onde todas as mulheres se encontram. Um lugar onde o cuidado e a nutrição e o contato com as emoções, se reconhecem olhos nos olhos, simplesmente por ser mulher. As camadas para estas possíveis conexões são muitas. Elas vão além das palavras e dos pensamentos reconhecendo-se como mulheres, pertencentes da mesma tribo.

As fotografias desta exposição são uma expressão da conexão de coração para coração quando elas revelam o poder da vulnerabilidade. Serem vistas sem nada a esconder. Elas mostram seu cansaço, alegria, resistência ou frustração como um sinal de força e coragem. Estas fotos são como espelhos, um convite para refletirmos a nós mesmos, sem não temermos nossa própria vulnerabilidade em ser quem somos.

A natureza da mulher cuida da vida, do dia a dia da casa, dos filhos, das plantas, do alimento, do amor. Para manter o pulso deste cuidar é preciso resiliência e criatividade. Muitas dessas mulheres, apesar de se encontrarem em situações de extrema dificuldade, como em vilarejos destruídos pelas cinzas de um vulcão na Indonésia ou pelo furacão Sandy nos Estados Unidos, evidenciam em seus olhares fé, confiança para seguir frente e, acima de tudo, alegria por de estarem vivas.

Desejo que essas fotografias sejam uma inspiração para você.

Fernanda Lenz

.......................................................................................................

Sobre a fotógrafa

Fernanda Lenz é documentarista e fotógrafa formada pela International Center of Photography em Nova York (2013), onde viveu por quatro anos. Desde 2014 desenvolve seu trabalho de fotografia autoral, onde desloca-se do lugar comum e transcende a beleza para se focar em uma percepção sensível de quem vive consciente da grande família planetária que somos.

Sua conexão e respeito pela natureza e pela vida é traduzida em imagens que fortalecem o sentimento de pertencimento a essa família. Desde criança viaja ao Tibet, Nepal e Indonésia, acompanhando seu irmão Lama Michel Rinpoche e seu mestre Lama Gangchen Rimpoche. A espiritualidade sempre esteve muito presente em sua vida, em especial pela perspectiva da filosofia e práticas do Budismo Tibetano. Seu percurso passa também por uma pesquisa dos saberes ancestrais dos povos indígenas brasileiros, Norte Americanos, e da América Central.

Seu trabalho é o reflexo de uma cidadã do mundo que busca comunicar a importância de olhar por outros paradigmas de vida, despertar a sensibilidade e resgatar nossa natureza empática.

A exposição solo, Akasha - Rede de Olhares, reúne fotografias do Tibet, Brasil e Tanzânia, teve estreia na Imã FotoGaleria em São Paulo em 2015. Foi publicada na revista Planeta, online pela National Geographic Brasil e exibida na Galeria Xereta, no LarMar e restaurantes em São Paulo.

Desde o início de 2020 Fernanda se dedica a compartilhar conhecimento através de seu projeto “Words Alive - Uma Conversa Além das Palavras” no Instagram. É parte ativa de projetos ligados à regeneração da natureza através de novas tecnologias sociais, em especial como facilitadora de atividades de ecologia profunda.

site: www.fernandalenz.com
instagram: @fernandalenz
youtube: www.youtube.com/fernandalenz